Cuiabá, 15 de Junho de 2024

icon facebook icon instagram icon twitter icon whatsapp

Variedades Segunda-feira, 18 de Março de 2024, 10:51 - A | A

Segunda-feira, 18 de Março de 2024, 10h:51 - A | A

NEGÓCIOS

Sul e Centro-Oeste: home centers Cassol e Todimo unem operação comercial e formam negócio de R$ 2 bi

Juntas, Cassol Centerlar e a Todimo contam com 66 lojas, seis centros de distribuição e mais de 600 fornecedores em diversas categorias de produtos

Exame

Na disputa pelo segmento de home center com concorrentes internacionais, as brasileiras Cassol Centerlar e a Todimo anunciam nesta segunda-feira, 18, o plano de integração de suas operações comerciais. Com forte presença regional, as empresas de Santa Catarina e Mato Grosso querem ganhar mais competitividade nas regiões Sul e Centro-Oeste com um maior número de lojas e melhores preços.

Ao todo são 66 lojas, seis centros de distribuição e mais de 600 fornecedores em diversas categorias de produtos. Juntas,  Cassol Centerlar e Todimo faturam mais de R$ 2 bilhões por ano.

"A integração da área de compras, gestão de categorias e estratégia comercial permitirá ampliar a oferta de produtos aos clientes das duas empresas no Sul e no Centro-Oeste do país", diz Rodrigo Cassol, presidente do Grupo Cassol.

A expectativa é ganhar mais eficiência em um setor que atravessa um processo de consolidação e conta com grandes concorrentes globais como Tok&Stok, Leroy Merlin e Telhanorte. A parceria foi submetida ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) e aguarda autorização para ser iniciada.

O mercado de casa e construção não vive seu melhor momento. No PIB, o setor de construção civil deve fechar 2023 com uma retração de 0,5% nas atividades, frustrando as expectativas de alta do setor. Para 2024, a previsão da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) é de que o setor crescerá 1,3%.

Para Juliano Bortoloto, sócio da Todimo, a operação integrada vai garantir mais produtividade nas estratégias de categorias, negociação e compras. “Atuando de maneira conjunta, vamos oferecer mais sortimento de itens para nossos clientes, com as melhores marcas, preços competitivos e entrega rápida nas regiões de atuação”, diz

Com um cenário macroeconômico mais otimista, com redução dos juros, aumento do emprego e redução da inadimplência,  as empresas esperam crescer acima de 10% em 2024.

A parceria Sul e Centro-Oeste

Os executivos Rodrigo Cassol e Juliano Bortolotto são amigos há mais de 20 anos e sempre frequentaram feiras e simpósios do segmento.  

A ideia de firmar uma parceria surgiu depois da pandemia, quando as empresas viram possibilidade de ganhos com o alinhamento de estratégias comerciais -- o que garante preços mais competitivos e maior portfólio de produtos, por exemplo.

Cassol comanda a empresa fundada fundada por seu pai em 1958 no município de Urubici, na serra catarinense. A empresa que começou como uma pequena serralheria hoje lidera o setor na região Sul, com operações focadas na indústria, varejo, imobiliário e reflorestamento.

Bortolotto por sua vez é um dos quatro empreendedores paranaenses que fundaram a Todimo em 1983 em Várzea Grande, no Mato Grosso. Hoje, a empresa de materiais para construção, reforma e decoração possui 33 lojas nos estados do Paraná, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso.

Ambas as empresas investiram na expansão de lojas nos últimos anos. Foram 17 a mais nos últimos dois anos e 17 mil metros quadrados a mais em centros de distribuição.

"O foco para os próximos anos é potencializar estes ativos, melhorando sortimento, serviços logísticos e atendimento ao cliente", diz Cassol.

Comente esta notícia

Av. Brasil, 107-W

Cuiabá/MT

(65) 99962-8586

[email protected]