Cuiabá, 19 de Junho de 2024

icon facebook icon instagram icon twitter icon whatsapp

Variedades Terça-feira, 23 de Janeiro de 2024, 14:36 - A | A

Terça-feira, 23 de Janeiro de 2024, 14h:36 - A | A

RISCO DE CONTAMINAÇÃO

Lei proíbe uso de jalecos fora de local de trabalho em Cuiabá

Allan Mesquita
GD

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), sancionou a lei que proíbe servidores da Saúde de utilizarem jalecos fora de unidades, das redes pública ou privada. A sanção circulou no Diário de Contas do dia 17 de janeiro.

 A regra foi aprovada pela Câmara de Vereadores e agora passa ter validade na Capital. “Fica proibido a utilização de jalecos, aventais, guarda-pós e outros equipamentos de proteção individual utilizados por servidores, funcionários e profissionais da área da saúde, em ambientes fora da instituição de saúde, das redes pública ou privada, em que desempenham suas atividades profissionais, especialmente ao frequentarem estabelecimentos que comercializam e servem alimentos prontos, como bares, restaurantes e similares e os que comercializam alimentos in natura, como mercados, feira livre e afins”, cita.

A proposta em questão foi apresentada pelo vereador Adevair Cabral (PTB) e apontou os riscos de contaminação, considerando que os jalecos são itens potenciais para a transmissão de microrganismos, que podem gerar contaminações quando usado de maneira inadequada.

“A utilização de jalecos, aventais, e outros equipamentos de proteção individual, utilizados por servidores, funcionários e profissionais da área da saúde, fica restrita à permanência destes em instituições de saúde, públicas ou privadas”, cita outro trecho da lei.

Comente esta notícia

Av. Brasil, 107-W

Cuiabá/MT

(65) 99962-8586

[email protected]