Cuiabá, 21 de Maio de 2024

icon facebook icon instagram icon twitter icon whatsapp

Esporte Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2023, 09:17 - A | A

Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2023, 09h:17 - A | A

'PRECISA DE NOVOS ARES'

Augusto Melo promete patrocínio de R$ 200 milhões e fala sobre Gabigol

A quebra do domínio do grupo político "Renovação e Transparência", que comandou o Corinthians nos últimos 16 anos, tem gerado muita expectativa nos torcedores, e as declarações do presidente eleito Augusto Melo estão intensificando este sentimento. As promessas do mandatário, atualmente em transição para ser empossado no dia 2 de janeiro, começam com um novo patrocinador master que investiria R$ 200 milhões anualmente no clube.

 "Devemos lançar em breve um grande patrocínio, já está quase tudo certo, isso mostra credibilidade", disse Augusto durante participação no programa "Apito Final", da TV Bandeirantes. "Patrocínio da camisa, anual... a camisa vai explodir, você pode ter certeza disso, ela vai para mais de R$ 200 milhões", completou.

A questão financeira é uma grandes preocupação do torcedor corintiano, portador também de grande ansiedade relativa à reformulação do elenco. Após as saídas de atletas historicamente importantes para o clube, como Renato Augusto, Gil e o agora aposentado Fábio Santos, além de Giuliano, Cantillo e Bruno Méndez, movimento que enxuga a folha salarial, há expectativa por contratações de impacto. Um nome que tem sido muito especulado é o de Gabigol, do Flamengo. Augusto não confirmou o interesse e desmentiu especulações de que o Corinthians tentaria propor uma troca ao clube rubro-negro, mas mostrou gostar bastante da possibilidade de ter o atacante.

 "É um grande jogador, tem a cara do Corinthians, como outros grandes jogadores que estamos monitorando, que têm essa personalidade, que é o que eu quero. Eu quero trazer a identidade do Corinthians de volta, aquele time aguerrido, atletas com personalidade forte. Vou ao mercado trazer esse tipo de atleta. É um grande jogador, não tem nada desse negócio de Fausto Vera em troca, Yuri em troca", disse.

 "Eu não posso falar isso (que há interesse) porque, dentro dessa transição, não foi cogitado o nome do Gabigol, mas é um grande atleta, um grande jogador que interessaria a qualquer clube grande, não tenha dúvida. Como eu falei, tem a cara do Corinthians, e também precisa de novos ares, como esses atletas que deixaram o Corinthians. Vai fazer bem para eles outros clubes. O Gabigol está lá, não vem em uma fase boa, quem sabe o Corinthians não seria uma boa para ele", concluiu.

 Fora resgatar a identidade, como disse, o novo presidente alvinegro deseja começar 2024 com um elenco rejuvenescido, por isso decidiu liberar nomes experientes. "O Corinthians precisa passar por uma reformulação, ter um time mais jovial. Hoje, a parte física e tática está pesando muito, e tínhamos jogadores com uma certa idade. Nossa opção foi não só pelo alto salário, nossa folha salarial é alta, mas também ter um time mais jovem e aguerrido. A gente chegou a um acordo que não deveria renovar e reformular o elenco."

Comente esta notícia

Av. Brasil, 107-W

Cuiabá/MT

(65) 99962-8586

[email protected]