Cuiabá, 20 de Junho de 2024

icon facebook icon instagram icon twitter icon whatsapp

Esporte Sábado, 20 de Abril de 2024, 09:26 - A | A

Sábado, 20 de Abril de 2024, 09h:26 - A | A

AFASTADO

Agente de Deyverson mostra surpresa por corte e contesta Cuiabá: "Não há indisciplina"

Representante disse que atacante soube do veto no aeroporto e atribui fato à proximidade do fim do contrato, no final deste ano

GE MT

O corte de Deyverson no Cuiabá na véspera do confronto contra o Grêmio pegou atleta e seu estafe de surpresa. É o que garante Filipe Dias, empresário do atacante, que contesta a versão do clube de afastamento por "motivos disciplinares".

Em entrevista, o agente mostrou espanto com a decisão, ressaltou os feitos do camisa 16 com a camisa auriverde para descartar dúvidas sobre seu comprometimento e atribuiu o fato à proximidade do fim do contrato e ao momento do clube.

Foi uma surpresa pra nós. O Deyverson tem histórico gigante na carreira, jogou na Bundesliga, na liga portuguesa, na liga espanhola, Brasileirão e não há uma pessoa, não há um clube, não há um treinador que o tenha acusado de falta de profissionalismo. Embora não tenha falado com ninguém do clube, o histórico do Deyverson fala por si, não creio que tenha acontecido nada de especial, até porque ele é bastante comprometido com o Cuiabá. Seu rendimento em campo tem mostrado isso, nos gols, nas assistências, foi inclusive reconhecido como cidadão cuiabano no ano passado.

Acho que isso é pelo momento que o clube está passando, até da situação contratual do Deyverson. Existe imensa procura por ele, foi feita uma proposta de renovação que ainda não teve sucesso junto ao clube. Encaro essa situação como normal do futebol, como jogar alguma pressão em cima do Deyverson ou agitar o grupo em função dos resultados. Ato de indisciplina seguramente não, até porque não foi aberto nenhum inquérito, senão já tínhamos sido notificados.

Filipe revelou que o jogador sofreu com indisposição estomacal, mas ainda assim participou do treinamento com o restante do grupo, em Goiânia, onde a delegação permaneceu após a derrota para o Vila Nova pela Copa Verde.

No último treino, Deyverson estava muito mal, com um problema intestinal, e mesmo assim treinou. Portanto ele estava numa situação débil de saúde e mesmo assim foi para o treino. Talvez não tenha tido o rendimento normal, pode ter acontecido em função do momento de saúde, mas mais que isso não pode ter sido.

Deyverson soube do corte no aeroporto: enquanto o restante do grupo seguiu de Goiânia para Porto Alegre, ele pegou voo de volta para a capital mato-grossense. O empresário falou sobre o teor da conversa entre os dois.

- Obviamente o pegou de surpresa também. Agora está tranquilo, está comprometido, está motivado, vai continuar fazendo aquilo que são as indicações do clube. Mas foi uma surpresa, não esperava, ainda mais o Deyverson, que é supercompetitivo, briga em todos os treinos para poder ser titular, em nenhum momento se acomoda. É um perfil dele e, quando não é relacionado, obviamente não fica bem. Acatou com respeito a decisão e vamos esperar para ver se é uma situação pontual, não fazemos a mínima ideia. Está tranquilo, sabe que não fez nada.

De acordo com o representante, a proposta da diretoria auriverde é de renovação por mais duas temporadas. Ele admitiu procura de outros clubes, mas garantiu que não há negociações em andamento. Deyverson tem vínculo até fim do ano e pode assinar pré-contrato com outro time a partir de junho - o próprio Grêmio chegou a sondá-lo no fim de 2023.

- Uma proposta foi feita, mas estamos neste processo com muita calma, não queremos tomar decisão precipitada. A proposta foi de extensão de dois anos. Ele está num momento muito positivo, inclusive familiar, todas estas questões pesam. A família se sente muito bem em Cuiabá, todas estas discussões vão impactar os próximos dois, três anos de carreira. Tenho por regra não falar nomes, mas o Cuiabá sabe do interesse de outros clubes. Abordagens foram feitas para a aquisição do Deyverson, mas não houve entendimento em termos de valor. O foco dele está no Cuiabá, está empenhado em ajudar para a afirmação do clube também a nível internacional, sul-americano. Não temos conversado com ninguém, mesmo quando os clubes nos têm procurado, até porque achamos que não é o momento certo.

Deyverson está no Dourado desde 2022 e soma 78 jogos disputados, com 31 gols marcados. Em 2024, é o artilheiro do time ao lado de Pitta, com oito bolas na rede, além de sete assistências distribuídas.

Comente esta notícia

Av. Brasil, 107-W

Cuiabá/MT

(65) 99962-8586

[email protected]