Cuiabá, 21 de Maio de 2024

icon facebook icon instagram icon twitter icon whatsapp

Variedades Quarta-feira, 15 de Maio de 2024, 08:54 - A | A

Quarta-feira, 15 de Maio de 2024, 08h:54 - A | A

157 anos de VG

Educação avança, mas desafios são constantes em VG

GD

Segunda maior cidade de Mato Grosso, Várzea Grande completa hoje (15 de maio) 157 anos e tem na educação um dos seus principais desafios e maiores investimentos. Com uma demanda crescente por vagas, atualmente a fila de espera de crianças de zero a três anos chega a quase 1.400 vagas e o município trabalha com um plano de reestruturação da rede que promete revolucionar a educação. 

Até o fim do ano, mais de mil vagas devem ser ampliadas na rede. Com 27 Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis) e a oferta de mais de 4 mil vagas, a Prefeitura de Várzea Grande já inaugurou quatro Cmeis e ampliou mais dois. Foram mais de 1.200 vagas ofertadas nesse montante e, agora, irá disponibilizar, nos próximos dias, 344 vagas com a inauguração de mais dois centros, nos dias 17 e 20 de maio. O primeiro deles será no bairro Mapim e outro no Cidade de Deus. 

Morador do bairro Mapim há 28 anos, Francisco Curado, 70, afirma que o trabalho que vem sendo feito na educação é importante para a melhoria da sociedade.

“Se tem escola para as crianças, tem emprego para os pais, tem educação”. De acordo com ele, o bairro tem uma grande carência de creches e muitas crianças acabam tendo que seguir para outras regiões para que a família possa trabalhar. “Problema toda cidade tem, mas temos que reconhecer quando acertam e na educação, o trabalho que vem sendo feito é exemplo. Agora, por exemplo, teremos uma unidade modelo aqui para nossas crianças”, afirma. 

Ana Lúcia Matoso, 35, afirma que o Cmei trará à sua família uma maior estabilidade financeira, já que precisa pagar uma cuidadora para o filho de 2 anos. 

“Assim que abrir vaga eu já vou inscrevê-lo, pois a gente gasta com a cuidadora porque não tem vaga próximo de casa e levar para longe também é inviável”. Marcele Nunes dos Santos, 28, é mãe da pequena Maísa Vitória, 3, e afirma que decidiu ficar em casa para cuidar da filha, já que os gastos com uma cuidadora não compensaria financeiramente. 

Com a inauguração de um Cmei, há cerca de 500 metros de sua casa, ela afirma que pensa em colocar a criança. “Na verdade eu nem sabia, é aqui quase ao lado e eu não sabia dessa nova escola. Mas com certeza vou procurar saber sobre as vagas”

Comente esta notícia

Av. Brasil, 107-W

Cuiabá/MT

(65) 99962-8586

[email protected]