Cuiabá, 15 de Junho de 2024

icon facebook icon instagram icon twitter icon whatsapp

Variedades Quinta-feira, 04 de Janeiro de 2024, 09:06 - A | A

Quinta-feira, 04 de Janeiro de 2024, 09h:06 - A | A

Geração de energia

Brasil bate recorde na expansão de geração de energia elétrica

Capacidade nacional chegou à marca de 10,3 GW em 2023, superando a meta estabelecida para o ano

Os últimos dias de 2023 trouxeram mais uma vitória para a expansão de energia elétrica no Brasil: o País chegou à marca de 10,3 gigawatt (GW) na matriz elétrica. O número foi alcançado após o registro do início de operação comercial de 51 unidades geradoras, que acrescentaram 1,9 GW à capacidade instalada do País. A marca ultrapassa o recorde anterior, de 9,5 GW, medido em 2016. O resultado também superou a meta estabelecida no início do ano.

“Esses números são resultados do trabalho do Governo Federal, do Ministério de Minas e Energia e da ANEEL para garantir o suprimento de energia elétrica no Brasil. Estamos empenhados em tornar o sistema elétrico brasileiro cada vez mais seguro, além de incentivar a produção através de fontes de energias limpas e renováveis”, afirmou o ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira.

Ao total, 291 usinas entraram em funcionamento no ano de 2023. O maior número (140) corresponde a eólicas, que produziram 4.919,0 MW, sendo responsáveis por 47,65% da expansão da matriz. Em segundo lugar, estão as 104 novas usinas solares fotovoltaicas, que geraram 4.070,9 MW. Além destas, 33 termelétricas, 11 pequenas hidrelétricas e 3 centrais geradoras hidrelétricas compões as usinas que entraram em operação no ano de 2023.

As novas usinas estão localizadas em 19 estados brasileiros nas cinco regiões do País. Os estados que mais apresentaram expansão foram Bahia, com 2.614,7 MW; Rio Grande do Norte, com 2.278,5 MW e Minas Gerais, com 2.025,7 MW.

Por: Ministério de Minas e Energia 

Comente esta notícia

Av. Brasil, 107-W

Cuiabá/MT

(65) 99962-8586

[email protected]