Cuiabá, 21 de Maio de 2024

icon facebook icon instagram icon twitter icon whatsapp

Política Terça-feira, 14 de Maio de 2024, 14:37 - A | A

Terça-feira, 14 de Maio de 2024, 14h:37 - A | A

CAMPO VERDE

Vereador tem mandato cassado por importunação sexual a servidoras

A denúncia contra o vereador chegou a ser investigada pela Polícia Civil, mas o inquérito acabou arquivado por falta de indícios da conduta criminosa

Rdnews

O vereador por Campo Verde (a 132 quilômetros de Cuiabá), Gregório Dourado Filho, conhecido como "Mosquito" (PSB), teve o mandato cassado na noite dessa segunda-feira (13), por quebra de decoro parlamentar O parlamentar foi  alvo denúncias de importunação sexual contra duas servidoras do Legislativo.

Ao todo, foram nove   votos favoráveis pela cassação, duas abstenções e apenas um contrário, que foi o voto do próprio Mosquito. O vereador é o primeiro do município a ter o mandato cassado. Ele também está inelegível pelos próximos oito anos.

A Comissão de Investigação Processante (CIP) contra o vereador foi aprovada em outubro do ano passado, após ele ser denunciado por supostamente utilizar o seu cargo na Mesa Diretora para “intimidar” duas servidores que o haviam denunciado por assédio sexual. Na época, ele chegou a ser afastado da função  no Legislativo municipal.

A denúncia chegou a ser investigada pela Polícia Civil do município, mas o inquérito acabou sendo arquivado por falta de indícios da conduta criminosa. No entanto, os vereadores decidiram cassá-lo.

A defesa do vereador argumentou que a Comissão não havia seguido os trâmites legais e pediu a suspensão da investigação. No entanto, o pedido não foi acatado pelos vereadores, que votaram contra o acolhimento do requerimento e a discussão continuou. A defesa afirmou que irá recorrer da decisão no Poder Judiciário.

Comente esta notícia

Av. Brasil, 107-W

Cuiabá/MT

(65) 99962-8586

[email protected]