Cuiabá, 17 de Maio de 2024

icon facebook icon instagram icon twitter icon whatsapp

Política Quarta-feira, 27 de Dezembro de 2023, 15:42 - A | A

Quarta-feira, 27 de Dezembro de 2023, 15h:42 - A | A

BENS APREENDIDOS

Sesp arrecadou R$ 19,1 milhões com leilões em 2023 e aplicará recursos em ações de combate às drogas

Os bens leiloados tinham sido apreendidos principalmente com traficantes e organizações criminosas

Larissa Azevedo* - Sesp-MT

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) realizou 15 leilões em 2023 e arrecadou R$ 19,1 milhões, que serão utilizados em ações de combate às drogas. Ao todo, mais de 230 bens apreendidos em todo o estado foram leiloados, desde sucatas a uma aeronave e um conjunto habitacional.

Foram leiloados 160 automóveis, entre carros, caminhonetes, caminhões e vans e 69 motocicletas. Os leilões foram abertos ao público de forma híbrida (presencial e online), facilitando a participação dos interessados.

O valor adquirido será utilizado pela Sesp em diversas atividades de luta contra as drogas em Mato Grosso, conformea secretária adjunta de Justiça, Lenice Silva dos Santos Barbosa. 

“Os valores irão dar maior capacidade para as ações de repressão e de prevenção às drogas. Além disso, os projetos de prevenção executados pela Sesp já serão contemplados com os valores no próximo ano”, afirmou.

Para isso, a Sesp trabalha em duas frentes, no Fundo Nacional Antidrogas (Funad) e no Fundo Estadual Sobre Drogas de Mato Grosso (Funesd-MT). Ambos serão beneficiados com os valores arrecadados.

Os recursos destinados ao Funad são geridos pela Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad), e 40% do valor volta para o estado por meio de projetos. Já o Funesd é gerido pela própria Sesp, e os recursos podem ser aplicados na prevenção e repressão do tráfico de drogas.

Todos os bens leiloados são provenientes do tráfico ou do crime organizado, além dos bens patrimoniais da Secretaria, que também foram leiloados.

Foram realizados dois leilões no mês de fevereiro, dois em março, dois em abril, um em maio, um em junho, um em agosto, um em outubro, quatro em novembro e um em dezembro.

Antes de cada leilão, foram permitidas visitas do público ao pátio em que os veículos estavam mantidos, a fim de garantir conhecimento sobre o estado das peças disponíveis. Todos os bens foram leiloados no estado em que foram apreendidos para evitar custos ao estado. 

* Sob supervisão de Fabiana Mendes 

Comente esta notícia

Av. Brasil, 107-W

Cuiabá/MT

(65) 99962-8586

[email protected]