Cuiabá, 20 de Junho de 2024

icon facebook icon instagram icon twitter icon whatsapp

Política Quarta-feira, 10 de Janeiro de 2024, 09:32 - A | A

Quarta-feira, 10 de Janeiro de 2024, 09h:32 - A | A

SAÚDE DE CUIABÁ

Secretário de saúde vistoria CDMIC para avaliar impactos da intervenção e determina medidas para inventário completo de medicamentos

Lázaro Thor

O secretário de Saúde do município de Cuiabá, Deiver Teixeira, realizou na última terça-feira (10) visita ao Centro de Distribuição de Medicamentos e Insumos de Cuiabá (CDMIC) para avaliar melhorias no local e indicar soluções para problemas deixados pelo gabinete de intervenção. 

Entre os problemas está a falta de sistema no local, que obriga servidores a realizarem o cadastramento de medicamentos de forma manual. Serviços que antes eram realizados em 15 minutos agora podem demorar cerca de uma hora para a conclusão. 

Além da regularização do sistema, o secretário também determinou medidas iniciais para realização de um inventário realmente completo dos produtos presentes no CDMIC. 

“Um dos gargalos que observamos é essa falta do sistema que atende toda a rede de saúde e essa oferta para as unidades dos remédios, a nossa visita atende a um pedido do prefeito Emanuel Pinheiro para entender o que os servidores precisam e os problemas que não permitem uma situação normal”, afirmou o secretário. “Entre os avanços está a regularização de modo imediato deste programa”, completou. 

Segundo o secretário-adjunto de Gestão, Marcus Fabrício Nunes dos Santos, a realização de um inventário realmente completo dos produtos, vai melhorar a oferta de medicamentos para os hospitais, unidades de pronto atendimento, unidades básicas de saúde e policlínicas.  

“Estamos preocupados que o sistema está parado, toda a entrada de medicamento está sendo manual e isso não pode, vamos resolver isso urgentemente, viemos conhecer a situação, fiquei surpreso pelo ótimo trabalho dos nossos servidores e acredito que dá para dar continuidade e melhorar a vida de quem está lá na ponta”, afirmou Marcus Fabrício Nunes dos Santos, secretário-adjunto de Gestão. 

Para o coordenador técnico de logística e suprimentos do CDMIC, Cleiton Arruda, a visita do secretário e do secretário-adjunto de Gestão é um grande avanço na gestão do prefeito Emanuel Pinheiro. Arruda lembrou que, além da ausência de sistema e inventário, o CDMIC também enfrenta problemas de servidores novos nomeados sem capacitação pelo gabinete de intervenção. 

“Com essa visita a gente poderá avançar nos diálogos e colocar em prática a melhoria do serviços de dispensação de medicamentos para a rede municipal”, afirmou o coordenador da unidade.

Comente esta notícia

Av. Brasil, 107-W

Cuiabá/MT

(65) 99962-8586

[email protected]