Cuiabá, 25 de Julho de 2024

icon facebook icon instagram icon twitter icon whatsapp

Política Quarta-feira, 12 de Junho de 2024, 09:07 - A | A

Quarta-feira, 12 de Junho de 2024, 09h:07 - A | A

"GENTE QUE GOSTA DE GENTE"

Natasha diz que Lúdio é "maravilhoso" e sinaliza composição

Ela disse que não estava em seu radar disputar neste ano, mas que seguirá o partido e a federação

Midianews

A médica Natasha Slhessarenko (PSD) afirmou estar aberta para dialogar e compor com o deputado estadual Lúdio Cabral (PT), pré-candidato a prefeito de Cuiabá, nas eleições deste ano.

Após se filiar ao PSD do ministro da Agricultura Carlos Fávaro, no início do ano, Natasha passou a ser a principal cotada para ocupar a vice do petista. “O que o PSD, a federação e o arco de aliança decidirem eu estou pronta. Se é para vice, para prefeita, o que quer que seja. Cuiabá precisa de gente que gosta de gente, preferencialmente de médicos", disse à reportagem nesta terça-feira (11). 

"Doutor Lúdio é maravilhoso, com experiência grande na Saúde pública, é um ótimo nome. Se acharem que tem que ser eu vamos lá, sou partidária”, disse.

“Com certeza, estou aberta à conversa, ao diálogo, à composição, ao entendimento, a exercitar o relacionamento. Claro que tenho simpatia", afirmou. 

"Não estava no meu radar participar das eleições municipais deste ano. Mas caso isso se apresente, acho que como cuiabana que sou, tenho a obrigação de me colocar à disposição caso o arco de alianças, a federação e o meu partido entendam que sou um bom nome”, completou. 

Natasha negou que, a princípio, exista uma possibilidade de ser candidata à prefeita em Cuiabá. No entanto, ela também deixou em aberto a questão, alegando que iria seguir a decisão que o grupo achar melhor. 

Mesmo com as especulações, Natasha disse que até o momento não recebeu nenhum convite de Lúdio ou da federação para discutir sobre composição ou vice-prefeitura. 

Histórico familiar 

Natasha ainda lembrou a história de sua mãe, a ex-senadora Serys Slhessarenko, no PT e admitiu ter uma ligação forte com o partido devido à família. 

"Minha mãe foi do PT por muitos anos, foi uma das fundadoras, a primeira e única senadora do PT eleita em Mato Grosso. Então, existe uma história desse partido com a minha família, mas eu tenho CPF próprio, sou uma pessoa diferente", disse.

Comente esta notícia

Av. Brasil, 107-W

Cuiabá/MT

(65) 99962-8586

[email protected]