Cuiabá, 19 de Junho de 2024

icon facebook icon instagram icon twitter icon whatsapp

Política Terça-feira, 04 de Junho de 2024, 08:58 - A | A

Terça-feira, 04 de Junho de 2024, 08h:58 - A | A

SEGURANÇA PÚBLICA

Mauro diz que leis são frouxas e vê bandidos tratados como mocinhos

Mauro Mendes destacou que os indicadores têm demonstrado que a segurança pública piorou no país

Rdnews

O governador Mauro Mendes (União Brasil) culpou a flexibilização das leis pela falta de segurança pública, destacando que já se tornou comum, bandidos serem presos várias vezes por ano e sempre acabarem liberados. Também lamentou que as facções têm se fortalecido diariamente. A declaração foi nessa segunda-feira (03), no Palácio Paiaguás.

Ocorre que  deputada federal Coronel Fernanda (PL)  criticou o governador pela falta de policiais efetivos, mas o gestor estadual esclareceu que se for contratar mais pessoas, as finanças do Estado irão colapsar.

“Nessa questão da segurança pública para mim está muito claro: as leis brasileiras são muito frouxas. As leis que nós temos, fazem com que bandidos sejam presos cinco, seis, dez vezes por ano e sob audiência de custódia. É isso que a Coronel Fernanda e o Congresso Nacional deveriam enxergar. Existem leis frouxas que não respondem por um momento de alta da criminalidade em todo o Brasil. Não só em Mato Grosso”, disse o governador.

Mauro Mendes ainda destacou que os indicadores têm demonstrado que a segurança pública piorou e vai piorar enquanto bandidos forem tratados como “mocinhos”. Além disso, ressaltou que a cada dia que passa, as facções vêm se fortalecendo.

“Por mais que alguns possam querer gargantear aí o Brasil afora, os números são no médio prazo quando se olha em 40 anos no Brasil todos os indicadores de segurança pública pioraram e vão continuar piorando se nós não tivermos coragem ou largarmos de hipocrisia de tratar bandido como mocinho. Nós precisamos endurecer as leis, torná-las mais inteligentes, desestruturar cadeias criminosas como as próprias facções estão se fortalecendo em todo o país”, concluiu.

 

Comente esta notícia

Av. Brasil, 107-W

Cuiabá/MT

(65) 99962-8586

[email protected]