Cuiabá, 15 de Junho de 2024

icon facebook icon instagram icon twitter icon whatsapp

Política Sexta-feira, 08 de Março de 2024, 08:46 - A | A

Sexta-feira, 08 de Março de 2024, 08h:46 - A | A

Volta AO CARGO

Justiça derruba afastamento e Emanuel Pinheiro pode reassumir como prefeito de Cuiabá

Emanuel havia sido afastado do cargo de prefeito por 180 dias nessa segunda-feira (04), sob a acusação de integrar organização criminosa.

Uma decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ), assinada pelo ministro Ribeiro Dantas, concedeu uma liminar nesta quinta-feira (7) que suspende o afastamento do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), permitindo que ele reassuma o comando da capital.

Em nota, a prefeitura informou que Emanuel deve voltar imediatamente ao cargo.

A decisão de afastamento havia sido tomada nessa segunda-feira (4), pelo desembargador Luiz Ferreira da Silva, após um pedido do Ministério Público e determinava o afastamento por 180 dias (seis meses).

Emanuel é investigado por suspeita de envolvimento em esquemas de desvio na Secretaria Municipal de Saúde, conforme foi apontado pelo Ministério Público de Mato Grosso (MPMT).

Afastado pela segunda vez 

Em outubro de 2021, a Justiça determinou o afastamento de Emanuel Pinheiro após uma investigação constatar que ele estava envolvido em uma suposta organização criminosa, voltada para contratações irregulares de servidores temporários na Secretaria Municipal de Saúde.

Na época, as investigações indicaram que a maioria das contrações foram feitas para atender os interesses políticos do prefeito. O então chefe de gabinete da prefeitura, Antônio Monreal Neto, teve a prisão temporária decretada.

Após entrar com recurso na Justiça, Emanuel Pinheiro retornou ao cargo no mês seguinte.

 

Comente esta notícia

Av. Brasil, 107-W

Cuiabá/MT

(65) 99962-8586

[email protected]