Cuiabá, 25 de Julho de 2024

icon facebook icon instagram icon twitter icon whatsapp

Política Terça-feira, 18 de Junho de 2024, 09:20 - A | A

Terça-feira, 18 de Junho de 2024, 09h:20 - A | A

ALIANÇA AO ALENCASTRO

Botelho diz que dialoga com siglas sem oferecer cargo ou dinheiro

O presidente da AL negou qualquer pressão para atender interesses de partidos aliados

Pré-candidato a prefeito de Cuiabá, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (União), afirmou que não tem trabalhado com oferta de cargos e propostas financeiras para conseguir apoio de outros partidos.

Em entrevista à rádio Vila Real na segunda-feira (17), admitiu o interesse de ter um amplo arco de aliança. No entanto, negou qualquer pressão para atender interesses. 

“Nós não estamos trabalhando com cargos, não estamos trabalhando com propostas financeiras. A nossa proposta é em cima de projetos. É bom que se diga, nenhum partido veio com propostas diferentes disso para mim”, afirmou. 

Botelho ainda disse que seu desejo era ter um arco de aliança como o do governador Mauro Mendes (União).

Apesar de alguns aliados já terem declarado apoio ao líder da Assembleia, outros optaram por lançar candidaturas próprias para disputar a Prefeitura de Cuiabá. 

“Nós estamos conversando. Não sei se vai ser o maior, mas eu gostaria que fosse um arco de aliança igual ao do governador Mauro Mendes. Mas eu não vou conseguir, porque ele teve onze ou doze partidos apoiando. Não vou conseguir tudo isso”, disse. 

“Porém, nós queremos um arco de aliança grande para nós, principalmente pelo meu projeto, que é unir todos por Cuiabá”, acrescentou. 

Auxílio no governo 

Botelho reiterou que, caso seja eleito, será uma vitória coletiva com os aliados. Porém, negou que seja uma política semelhante ao do atual prefeito, Emanuel Pinheiro (MBD). 

“É a política que o governador Mauro Mendes fez e que nós fizemos na Assembleia Legislativa com o Governo do Estado, que está sendo reconhecida, inclusive, por adversários nossos. É essa política que vamos fazer: técnica, de seriedade e com participações em algumas secretarias”.

Comente esta notícia

Av. Brasil, 107-W

Cuiabá/MT

(65) 99962-8586

[email protected]