Cuiabá, 17 de Maio de 2024

icon facebook icon instagram icon twitter icon whatsapp

Polícia Quarta-feira, 20 de Março de 2024, 16:30 - A | A

Quarta-feira, 20 de Março de 2024, 16h:30 - A | A

DINHEIRO FALSO

Polícia prende trio que "fabricou" R$ 10 milhões em hotel em Cuiabá

Empresários e fazendeiros eram os principais alvos dos estelionatários; três foram presos

ENZO TRES
Midianews

A Polícia Civil prendeu um trio acusado de fabricar dinheiro falso para repassar a empresários e produtores rurais de Mato Grosso. A prisão ocorreu nesta quarta-feira (20), no Hotel Deville Prime, que fica na Avenida Isaac Póvoas, em Cuiabá. 

Os policiais tiveram a informação de que uma pessoa ia adquirir um empréstimo de R$ 10 milhões, o que levou à investigação. Contudo, eles estão checando se a pessoa é vítima ou parte do esquema. 

Conforme a investigação, dentre os presos está Francisco Campelo, que é suspeito de ser o responsável por manipular a química usada na fabricação do dinheiro falso. 

Além dele, Maria Jandira Pinto de Souza e Faustino Manoel Alves também foram presos. Eles são de Brasília e se passavam por corretores.

Os investigadores explicaram que empresários e fazendeiros eram os alvos por terem maior poder aquisitivo e serem atraídos com a proposta de grandes empréstimos. 

Para enganar as vítimas, o grupo montava pilhas com notas de R$ 200 e na superfície colocava cédulas verdadeiras. Na hora de conferir a veracidade do empréstimo, a parte falsificada passava despercebida. 

"Os criminosos são de fora do Estado. Eles vinham aqui com propostas de empréstimo, investimentos com valores destinados a produtores rurais e grandes empresários que pudessem aportar grandes valores para realizar investimentos e empréstimos”, contou um investigador. 

O laboratório 

Os policiais da Delegacia Especializada em Estelionato investigam o caso há cerca de um mês. Eles relataram que o laboratório de dinheiro falso foi montado no 15º andar do hotel. 

Por causa dos produtos químicos usados na falsificação, o cômodo exalava um odor forte.

Comente esta notícia

Av. Brasil, 107-W

Cuiabá/MT

(65) 99962-8586

[email protected]