Cuiabá, 19 de Junho de 2024

icon facebook icon instagram icon twitter icon whatsapp

Polícia Terça-feira, 11 de Junho de 2024, 09:20 - A | A

Terça-feira, 11 de Junho de 2024, 09h:20 - A | A

TIROS EM TANGARÁ

Criminoso era suspeito de 22 homicídios; PM liberou seis reféns

Outros dois suspeitos também tem passagem e um deles estava em liberdade há pouco tempo

Midianews

A ação da Polícia Militar que resultou na morte de quatro criminosos na noite de segunda-feira (10) em Tangará da Serra (252 km de Cuiabá) liberou seis pessoas que eram feitas de reféns pelo bando. Segundo a PM, todos os suspeitos eram extremamente perigosos. 

Três, dos quatro mortos já foram identificados e todos possuem passagens criminais e são suspeitos de integrarem uma facção criminosa. O que chamou atenção foi que o menor de idade, de 17 anos, é suspeito de 22 homicídios. 

O menor ainda tem passagens por roubo, participação em quadrilha e tráfico de drogas. Segundo a Polícia Militar, ele é natural de Pontes e Lacerda e também foi responsável por colocar fogo em um comércio de Tangará. 

Outro criminoso identificado como Luan Marlon Miranda Souza Gomes, de 21 anos, tem passagens por roubo, homicídio, ameaça, furto e receptação, dentre outras. Segundo a Polícia, Luan saiu recentemente do sistema prisional, onde estava preso por latrocínio.

Já Elielton Oliveira dos Santos, de 18 anos, tem passagem por roubo e tráfico de drogas. Ele era conhecido pelo apelido de “CL”. 

O quarto suspeito morto ainda não foi identificado e um quinto suspeito conseguiu fugir pulando o muro da casa. Ele está sendo procurado pelos policiais. 

Liberação de reféns 

Antes do confronto com os suspeitos, os policiais receberam informações de que homens armados teriam invadido uma residência no bairro Vale do Sol e rendido seis pessoas, tornando-as reféns.  

Os militares foram até o local, prenderam os suspeitos e salvaram as vítimas. Ao prender os criminosos, os policiais souberam que o restante do grupo estava numa casa em um bairro próximo.  

Em diligência, baseados em levantamentos de informações da Agência Regional de Inteligência, os PMs descobriram a localização da casa. Ao chegar no local, as equipes encontraram os cinco suspeitos armados, que atiraram contra os policiais e começaram o confronto.

Comente esta notícia

Av. Brasil, 107-W

Cuiabá/MT

(65) 99962-8586

[email protected]