Cuiabá, 21 de Maio de 2024

icon facebook icon instagram icon twitter icon whatsapp

Ligando os pontos Quarta-feira, 29 de Novembro de 2023, 09:19 - A | A

Quarta-feira, 29 de Novembro de 2023, 09h:19 - A | A

Distrito Federal

veja os nomes que têm pedido de indiciamento no relatório da CPI

A CPI apresenta relatório final com 130 pedidos de indiciamento por crimes cometidos em 12/12 do ano passado e no 8/1

Alan Rios, Jade Abreu

Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Atos Antidemocráticos apresenta, nesta quarta-feira (29/11), o relatório final, com 444 páginas e 136 pedidos de indiciamento, conforme o Metrópoles adiantou.

O documento traz uma divisão entre nomes mais fortes de pessoas de diferentes órgãos que, segundo o relator, deputado Hermeto (MDB), cometeram crimes, e segue com uma lista de supostos golpistas.

Na primeira parte, são esses os indiciados:

  • Marcelo Casimiro Vasconcelos Rodrigues
  • Cíntia Queiroz de Castro
  • Fernando de Souza Oliveira 
  • Marco Edson Gonçalves Dias

 

Em seguida, constam mais 132 nomes:

  1. – Adailton Gomes Vidal;
  2. – Adauto Lúcio de Mesquitas;
  3. – Ademir Luis Graeff;
  4. – Adoilto Fernandes Coronel;
  5. – Adriano Luiz Cansi;
  6. – Alceu Mognon;
  7. – Alethea Veruska Soares;
  8. – Altair Vicente;
  9. – Amanda Lima Matias Monteiro;
  10. – Amir Roberto El Dine;
  11. – Ana Priscila Silva de Azevedo;
  12. – Andrea Baptista;
  13. – Arão Candido da Silva;
  14. – Ariadne Coutinho Meller;
  15. – Bianca da Costa Joaquim;
  16. – Bruno Marcos de Souza Campos;
  17. – Camila Colman Gonçalo;
  18. – Camila Sacal Ferreira de Lima;
  19. – Camila Sacal Ferreira de Lima;
  20. – Carlos Eduardo Oliveira;
  21. – Cesar Duarte Oliveira Carapia;
  22. – Claudia Reis de Andrade;
  23. – Cláudio Mendes do Santos;
  24. – Clelia de Macedo Rocha Gomes; e
  25. – Cristiane Aparecida Machado da Silva;
  26. – Daniel Augusto Rizzi;
  27. – Daniel Fochezatto
  28. – Daniel Soares Nascimento;
  29. – Debora Oliveira dos Santos;
  30. – Delvair Cecconi;
  31. – Delzuito Silva Gomes;
  32. – Diego Chagas Ribeiro Nascimento;
  33. – Diego Oki Silva;
  34. – Dyego Primolan Rocha;
  35. – Elaine France Silva Doanda França;
  36. – Eleandro Luedke;
  37. – Elisvaldo Martins De Lima;
  38. – Eloni Carlos Mariani;
  39. – Emerson Violada;
  40. – Erlon Paliotta Ferrite;
  41. – Fernandes Batista Ramos;
  42. – Fernando Henrique Almeida Valadares;
  43. – Fernando José Ribeiro Casaca;
  44. – Francismar Aparecido Silva;
  45. – Geiza Lamel Luedke
  46. – Genival José da Silva;
  47. – Giancarlos Bavaresco;
  48. – Gilmar Amaral Diniz;
  49. – Giselle dos Santos Grein;
  50. – Jaks Luciano de Oliveira;
  51. – Jasson Ferreira Lima;
  52. – Jean Franco de Souza;
  53. – Jeanfrander Talmel de Araújo;
  54. – Joao Carlos Baldan;
  55. – João Carlos Baldan;
  56. – Jonata Luiz Batista;
  57. – Joraci Schein Sousa;
  58. – Jorge Rodrigues Cunha;
  59. – Jorginho Cardoso de Azevedo
  60. – José Acácio Serere Xavante;
  61. – José Antônio Basilio;
  62. – José Antônio Ferreira de Oliveira;
  63. – José Carlos Avancini;
  64. – José Carlos Pimentel;
  65. – José Márcio de Simoni Silveira;
  66. – José Ostrowski.
  67. – José Roberto Bacarin;
  68. – Josefina Tavares;
  69. – Josiany Simas;
  70. – Joveci Xavier de Andrade;
  71. – Juliano Pereira Macena;
  72. – Lecir Salete Lopes;
  73. – Lenir A. C. Rodrigues;
  74. – Leomar Schinemann;
  75. – Loui Parma Carvalho;
  76. – Luciano Souza Andrade;
  77. – Luis Roberto Bragaia;
  78. – Luzimar Ferreira de Lima;
  79. – Magda Eliana Lima;
  80. – Marcelo Panho;
  81. – Marcio Vinícius Carvalho Coelho;
  82. – Marco Edson Carvalho da Silva;
  83. – Marcos Antônio da Silva;
  84. – Marcos Oliveira Queiroz;
  85. – Maria Batista Oliveira;
  86. – Maria Janete Ribeiro Almeida;
  87. – Marilete dos Santos Vargas;
  88. – Marina Aparecida de Oliveira;
  89. – Maristela Silvana Tombesi;
  90. – Marlene Reckziegel;
  91. – Marlon Diego Deoliveira
  92. – Maurides Parreira Pimenta;
  93. – Merabe Muniz Diniz Cabral;
  94. – Michely Paiva Alves;
  95. – Monica Regina Antoniazi;
  96. – Neldagmar Rodrigues dos Santos;
  97. – Nelson Assunção da Silva;
  98. – Nivea Alves C. Azevedo;
  99. – Odivan Betcel Bentes;
  100. – Orlando Martins do Amaral Junior;
  101. – Pablo Henrique da Silva Santos;
  102. – Patrícia dos Santos Alberto Lima;
  103. – Paula Barcellos Tommasi Correa;
  104. – Paulo Henrique Carvalho Villa;
  105. – Paulo Pesquero Ponce Silva;
  106. – Paulo Roberto Martins;
  107. – Paulo Sérgio Olsen;
  108. – Pedro Luis Kurunczi;
  109. – Renan do Nascimento Melo;
  110. – Renata Simoso Manera;
  111. – Rodrigo de Souza Lins;
  112. – Rodrigo Queiroz Brunaldi;
  113. – Ronei de Jesus Pereira;
  114. – Rosangela de Macedo Souza;
  115. – Rubens Alves De Abreu;
  116. – Ruti Machado da Silva;
  117. – Scheila Maria Casagranda;
  118. – Sheila Mantovanni;
  119. – Siderio Inácio Rambo;
  120. – Sidneia Brabdt;
  121. – Silvana Souza de Almeida
  122. – Sulani Antunes Santos;
  123. – Terezinha de Fátima Issa da Silva;
  124. – Tiago José Da Rocha Conti;
  125. – Tiago Ruam Sarcella;
  126. – Valter da Rocha Nogueira Junior;
  127. – Vanderson Slves Nunes;
  128. – Vivaldo de Oliveira Paulo;
  129. – Wagner Freire Ferreira Filho;
  130. – Wanderlei de Abrel Freire;
  131. – Wanderley Amaro Calixto
  132. – Yette Santos Soares Nogueira;

Também constam no texto, o crime pelo qual cada um deve responder, no entendimento da CPI, e a prova da ação criminosa. A leitura terá início às 9h em plenário.

Em andamento na Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), a Comissão apura desde fevereiro os ataques contra a democracia de 12 de dezembro de 2022 e do 8 de Janeiro.

A CPI dos Atos Antidemocráticos se tornou histórica na Casa e no DF. Em andamento há nove meses, a Comissão ouviu 31 pessoas entre fevereiro e novembro.

Foram colhidos depoimentos de autoridades, como ex-ministros, generais, membros da alta cúpula da Polícia Militar do DF (PMDF) e da Secretaria de Segurança Pública (SSP), e de figuras-chave da tentativa de golpe, como lideranças e financiadores.

Os outros membros da Comissão também podem apresentar emendas aditivas ou supressivas, que, respectivamente, têm o poder de adicionar ou retirar nomes de indiciados, caso sejam aprovadas pela maioria.

Após a votação do relatório e a conclusão total dos trabalhos, a CPI enviará o documento para os órgãos competentes, como o Ministério Público e a Advocacia-Geral da União (AGU), que podem abrir novas investigações, anexar mais elementos às apurações em andamento ou oferecer novas denúncias, por exemplo.

Relatório paralelo da CPI

Embora o relatório final de Hermeto ainda não tenha sido lido, já existe um texto paralelo pronto. Elaborado por Fábio Felix (PSol), o documento quer evitar que o resultado final da CPI acabe blindando figuras-chave da tentativa de golpe.

“Ele já está pronto e será apresentado caso o relator decida blindar figuras centrais do processo golpista. Não podemos deixar que todo o trabalho da CPI seja desconsiderado”, disse Fábio ao Metrópoles. Felix quer indiciar nomes como o ex-presidente Jair Bolsonaro e os generais Heleno e Dutra.

Além disso, no entendimento do distrital do PSol, toda a cúpula da PMDF denunciada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) teria que ser indiciada.

Apresentado pela manhã, às 9h, o relatório de Hermeto será votado no período da tarde do mesmo dia, após o almoço. São previstas três horas para leitura do texto e mais 15 minutos de discussão entre os deputados titulares e 10 minutos para os suplentes.

 Saiba mais em: https://www.metropoles.com/distrito-federal/indiciados-cpi-atos-antidemocraticos

 

Comente esta notícia

Av. Brasil, 107-W

Cuiabá/MT

(65) 99962-8586

[email protected]