Cuiabá, 21 de Maio de 2024

icon facebook icon instagram icon twitter icon whatsapp

Ligando os pontos Quinta-feira, 23 de Novembro de 2023, 16:13 - A | A

Quinta-feira, 23 de Novembro de 2023, 16h:13 - A | A

TJMT

Corregedoria envia contadores para desafogar cálculos de custas em Cáceres

A Corregedoria Geral da Justiça de Mato Grosso (CGJ-MT), por meio do Departamento de Apoio aos Juizados Especiais (Daje), em mais uma ação para trazer mais celeridade processual, enviou entre os dias 21 a 24 de novembro uma força tarefa de contadores da Contadoria do Fórum de Cuiabá e da Central de Processamento Eletrônico (CPE) para atuarem na realização de cálculos de custas judiciais de média e alta complexidade da 1ª, 2ª, 3ª, 4ª e 5ª Vara de da Comarca de Cáceres (225 km a oeste de Cuiabá).
 
Segundo o juiz e Diretor do Fórum em substituição legal, José Eduardo Mariano, devido ao acúmulo de processos que aguardavam a realização de cálculos de custas judiciais uma solicitação foi feita à Corregedoria para o envio dos contadores.
 
“Quero agradecer ao corregedor, desembargador Juvenal Pereira, que prontamente atendeu nossa solicitação e enviou os contadores credenciados. Esse apoio é imprescindível e tenho certeza que o trabalho deles gerará muitos frutos para o andamento dos processos de Cáceres e principalmente para a população que é a grande beneficiada”, disse o magistrado.
 
As contadoras Angélica Guimarães, Kacima Karima Assaf Rampazzo e Katya Loredana Barbato, realizaram cálculos em 142 processos que variam entre readequação contratual bancária a indenizações em geral.
 
“Finalizaremos os últimos cálculos e deixaremos Cáceres zerada, sem acumulo de cálculos de custas judiciais de casos de média e alta complexidade. Este número de processo para a Capital talvez não seja tão significativo, mas para uma cidade como Cáceres fará a diferença. Vamos sair daqui com a sensação de dever cumprido. Agradecemos a receptividade de todos da Comarca e a própria Corregedoria por entender a importância de nós mandar in loco para responde essa demanda”, ressaltou a contadora e gestora da Contadoria do Fórum de Cuiabá, Angélica Guimarães.
 
De acordo com a diretora Daje, Karine Marcia Lozich Dias, os contadores credenciados além de realizarem o trabalho na Contadoria do Fórum de Cuiabá, quando necessário são enviados às comarcas do interior para trabalham in loco ou atuam remotamente nas unidades judiciárias da Primeira Instância do Poder Judiciário de Mato Grosso.
 
“Independente do local que eles estão locados a prestação de serviço desses profissionais da área de contabilidade é um avanço e um grande ganho para o Primeiro Grau de jurisdição. Cabe ao Daje fiscalizar, acompanhar, direcionar e supervisionar o cumprimento das metas estabelecidas para os contadores”, detalhou a diretora.
 
#ParaTodosVerem: esta matéria possui recursos de texto alternativo para promover a inclusão das pessoas com deficiência. Foto 1: O juiz José Eduardo está de pé perfilado com as contadoras.

Comente esta notícia

Av. Brasil, 107-W

Cuiabá/MT

(65) 99962-8586

[email protected]