Cuiabá, 21 de Maio de 2024

icon facebook icon instagram icon twitter icon whatsapp

Judiciário Terça-feira, 19 de Dezembro de 2023, 09:44 - A | A

Terça-feira, 19 de Dezembro de 2023, 09h:44 - A | A

PERFORMANCE 2023

Poder Judiciário de Mato Grosso entrega prêmio a unidades com melhor performance em 2023

Assessoria de Comunicação da CGJ-TJMT

A Corregedoria-Geral da Justiça de Mato Grosso (CGJ-TJMT) entregou o Prêmio “Unidade Judiciária Destaque” para magistrados e gestores que apresentaram a melhor performance durante o ano de 2023. A cerimônia de premiação foi realizada na tarde desta segunda-feira (18 de dezembro), na Escola Superior da Magistratura de Mato Grosso (Esmagis), anexo ao Tribunal de Justiça (TJMT). A 2ª Vara Especializada de Direito Bancário da Capital conquistou a categoria Diamante e outras 16 unidades foram premiadas na categoria Ouro.

O prêmio criado por meio do provimento TJMT/CGJ Nº 24 tem como objetivo incentivar os magistrados e servidores a buscarem maior produtividade, eficiência, celeridade e transparência para o aprimoramento da prestação jurisdicional.

A presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), desembargadora Clarice Claudino da Silva, participou da cerimônia e felicitou os agraciados. “Quero parabenizar essa iniciativa da Corregedoria-Geral. É mais uma ação que estimula e demonstra o reconhecimento pelo esforço de cada um. Envio as felicitações a todos aqueles que conseguiram esse destaque e que incentivem os demais para que no ano que vem estejam aqui também, na pretensão de cada vez mais aumentar a excelência em nossos serviços”, parabenizou.

O corregedor-geral da Justiça, desembargador Juvenal Pereira da Silva, afirmou que esta é uma das ações para enaltecer o brilho e a dedicação que permeiam as unidades judiciárias de Mato Grosso. “O Prêmio ‘Unidade Judiciária Destaque’ é uma homenagem à incansável busca por produtividade, eficiência, celeridade e transparência, realizada por magistrados, magistradas, servidores e servidoras comprometidos. Este reconhecimento é também um estímulo constante para aprimorarmos continuamente a entrega da justiça em prol da sociedade que servimos com dedicação”, declarou.
O corregedor antecipou o trabalho em conjunto que deve ser realizado no próximo ano com o mesmo intuito. “Conversei com a nossa presidente e alinhamos que juntos faremos uma premiação ainda maior no ano vindouro, uma forma de prestigiarmos de forma mais ampla todos aqueles que se dedicam em nossas unidades judiciais”, completou.

Categorias Ouro e Diamante - As unidades judiciárias com melhor desempenho dos indicadores foram premiadas em duas categorias: Diamante e Ouro. Sob a liderança da magistrada Rita Soraya Tolentino de Barros e da gestora-geral Laura Ferreira Araújo e Medeiros, a 2ª Vara Especializada de Direito Bancário da Capital foi a vencedora e levou a categoria Diamante. A unidade atingiu um nível de excelência em sua atuação.

“A minha unidade tem dois anos e meio que ela está como diamante, pois trabalhamos de forma conjunta: secretaria, gabinete, e assessoria para que juntos possamos dar com maior brevidade a prestação jurisdicional, com o encerramento do processo, com o cumprimento da sentença, com o pagamento das execuções, finalizando mesmo, indo para o arquivo ou em definitivo. Hoje eu me sinto honrada, e quero apenas agradecer a Deus, a Jesus, por dar saúde e força para continuarmos nesta luta”, rogou a magistrada.

Todas as unidades judiciárias de Mato Grosso foram analisadas e 16 foram agraciadas na Categoria Ouro (confira a lista no final do texto). A verificação da produtividade foi composta por duas etapas, sendo uma verificação dos seis primeiros meses, de 1º de janeiro a 30 de junho de 2023 e a outra do decorrer do ano, de 1º de janeiro a 30 de novembro de 2023.
A análise dos dados foi feita pelo Departamento de Aprimoramento da Primeira Instância (DAPI) com base nas estatísticas do Painel Estratégico da ferramenta Business Intelligence (BI), denominada OMNI. “Nós abordamos essa temática o ano inteiro, de como as unidades poderiam melhorar a performance, o rendimento, quais as melhores escolhas para obter melhores resultados. Visitamos diversas comarcas, falamos, demos exemplos, e nada mais justo que identificar e reconhecer aqueles que estão se destacando ao mesmo tempo em que incentivamos outros colegas”, disse o juiz auxiliar da CGJ-TJMT, Emerson Luís Pereira Cajango.

Além do certificado de reconhecimento para as unidades, será lançada uma nota de elogio na ficha funcional dos servidores e magistrados das unidades agraciadas com o Prêmio.

O coordenador do CGJ-TJMT, Flávio de Paiva Pinto, lembrou que este é um projeto que estava sendo pensando há muito tempo. “Queríamos encontrar uma forma de reconhecer o trabalho de magistrados e servidores, afinal, as unidades já estavam mapeadas. E esse ano, o corregedor baixou um provimento para reconhecer aqueles que têm um diferencial, que entregaram resultados, e se encaixaram muito bem nessa engrenagem que é o Judiciário, atingindo os melhores números”, citou.

Também participaram da cerimônia a vice-presidente do TJMT, desembargadora Maria Erotides Kneip, e os juízes auxiliares da Corregedoria-Geral da Justiça, Christiane da Costa Marques Neves, Emerson Luís Pereira Cajango e Eduardo Calmon de Almeida Cézar.

Confira as unidades premiadas:

Categoria Diamante
2ª Vara Esp. Direito Bancário de Cuiabá

Categoria Ouro
1ª Vara Esp. da Fazenda Pública / Várzea Grande
5ª Vara Criminal / Rondonópolis
8º Juizado Especial Cível / Cuiabá
13ª Vara Criminal / Cuiabá
2ª Vara Criminal / Primavera do Leste
Vara Única / Guiratinga
Secretaria Unificada - Juizado Especial Cível - Jd. Glória / Várzea Grande
Vara Esp. de Violência Dom. e Fam. contra Mulher / Várzea Grande
Vara Especializada de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher / Rondonópolis
7ª Vara Cível / Cuiabá
3ª Vara / Juara
2ª Vara Esp. da Infância e Juventude / Cuiabá
11ª Vara Criminal (J.Militar) / Cuiabá
3ª Vara / Colíder
4ª Vara Cível / Cuiabá
4ª Vara / Primavera do Leste

#ParaTodosVerem - Esta matéria possui recursos de texto alternativo para promover a inclusão das pessoas com deficiência visual. Descrição das imagens: Foto 1: A presidente do TJMT, desembargadora Clarice Claudino da Silva, a vice-presidente do TJMT, desembargadora Maria Erotides Kneip, e o corregedor-geral da Justiça, desembargador Juvenal Pereira, entregam o troféu e o selo Diamante para a magistrada Rita Soraya Tolentino de Barros e para a gestora-geral Laura Ferreira Araújo e Medeiros. Todos estão em pé, posando para a foto. Foto 2: Troféus do Selo Ouro e Diamante, em acrílico. Um é dourado com o símbolo de uma estrela e o outro azul com o símbolo de um diamante. Foto 3 - Fotos de todos presentes.

Gabriele Schimanoski/ Fotos Ednilson Aguiar
Assessoria de Comunicação da CGJ-TJMT

Comente esta notícia

Av. Brasil, 107-W

Cuiabá/MT

(65) 99962-8586

[email protected]