Cuiabá, 19 de Junho de 2024

icon facebook icon instagram icon twitter icon whatsapp

Agro Terça-feira, 26 de Março de 2024, 08:20 - A | A

Terça-feira, 26 de Março de 2024, 08h:20 - A | A

LIVRE DA AFTOSA

MT passa a compor lista de estados livres de febre aftosa sem vacinação

Além do maior rebanho bovino do país, o estado também tem uma das melhores genéticas e o comércio de matrizes e reprodutores puros de origem ou com certificado especial de inspeção e produção.

Por Marina Agostine
TV Centro América

Mato Grosso passa a fazer parte do conjunto de estados reconhecidos como livres de febre aftosa sem vacinação após a publicação de uma portaria do Ministério da Agricultura e Pecuária no Diário Oficial da União nessa segunda-feira (25). Segundo o documento, a vacinação dos rebanhos contra a doença nesses locais será suspensa a partir de 2 de maio.

A associação dos criadores de Mato Grosso faz parte do plano nacional de vigilância contra a aftosa desde sua criação em 2017. Além do maior rebanho bovino do país, o estado também tem uma das melhores genéticas e o comércio de matrizes e reprodutores puros de origem ou com certificado especial de inspeção e produção.

A medida também proíbe o armazenamento, a comercialização e o uso de vacinas contra a febre aftosa nessas unidades da federação, além de limitar a movimentação de animais e produtos desses locais para os estados onde a vacinação ainda é obrigatória.

O Governo Federal também reconheceu oficialmente outros 15 estados além do Distrito Federal (DF) como livres de febre aftosa. Veja lista completa abaixo:

Amapá
Amazonas
Bahia
Espírito Santo
Goiás
Maranhão
Mato Grosso
Mato Grosso do Sul
Minas Gerais
Pará
Piauí
Rio de Janeiro
Roraima
São Paulo
Sergipe
Tocantins
Distrito Federal

Até o mês de maio, novos animais poderão ser adquiridos apenas de zonas livres de febre aftosa com vacinação para abate ou exportação. Nos dois casos, os animais deverão ingressar por locais autorizados pelo Serviço Veterinário Oficial (SVO) e cumprir medidas específicas como transporte em veículos lacrados e encaminhamento direto para estabelecimento de abate ou de pré-embarque que tenham sido inspecionados pelos órgãos oficiais.

Comente esta notícia

Av. Brasil, 107-W

Cuiabá/MT

(65) 99962-8586

[email protected]