Cuiabá, 25 de Julho de 2024

icon facebook icon instagram icon twitter icon whatsapp

Agro Quarta-feira, 19 de Junho de 2024, 14:31 - A | A

Quarta-feira, 19 de Junho de 2024, 14h:31 - A | A

PT E O AGRO

Lula deve visitar MT para lançamento do Plano Safra no dia 26, afirma Fávaro

Informação foi dada pelo ministro da Agricultura nesta terça (18); evento deve ocorrer em Rondonópolis

Rdnews

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Carlos Fávaro (PSD), anunciou nesta terça-feira (18) que o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), deve visitar Rondonópolis (a 218 km de Cuiabá) para o lançamento do Plano Safra 2024/2025. A previsão é de que o evento ocorra na próxima quarta-feira (26). A informação foi dada por Fávaro após reunião com os ministros da Fazenda, Fernando Haddad, das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, e a Frente Parlamentar da Agropecuária.

"O presidente quer fazer o anúncio [do Plano Safra] da Agricultura Empresarial no Centro-Oeste em Mato Grosso. Ele me pediu e a sugestão é que seja em Rondonópolis, que já possui outras demandas que serão anunciadas, o que aumenta a capilaridade esperada. Estamos finalizando a data, considerando que a agenda do presidente está bastante preenchida. A cerimônia para a Agricultura Familiar será no Palácio, enquanto a da Agricultura Empresarial será fora", afirmou.

vinda de Lula está sendo muito aguardada pela cúpula do PT. Em entrevistas à imprensa, o deputado estadual Valdir Barranco já havia falado sobre a intenção de o presidente vir para participar do evento e da inauguração de algumas obras no estado - e que ainda aproveitaria para lançar a pré-canditadura do deputado Lúdio Cabral à Prefeitura de Cuiabá.

Fávaro expressou sua expectativa de que o Plano Safra 2024/2025 supere o recorde do ano anterior e atenda plenamente às necessidades dos produtores. Ele também confirmou o compromisso de disponibilizar um volume maior de recursos, com juros compatíveis para a atividade, conforme garantido por Haddad.

Sobre o orçamento para equalizar os juros no Plano, Fávaro destacou que a eficácia não depende apenas do volume destinado, mas também do direcionamento estratégico de recursos, como da poupança rural, Letras de Crédito do Agronegócio (LCA) e depósito à vista, para reduzir significativamente os custos e permitir que os bancos ofereçam as menores taxas possíveis aos produtores.

"Este foi um grande avanço no Plano Safra 2023/2024, e esperamos continuar progredindo dessa forma no próximo Plano Safra. Reconhecemos também os desafios enfrentados pelo ministro Haddad. Apesar da busca pelo equilíbrio fiscal e do déficit zero, aumentar os recursos do tesouro para equalização apresenta um paradoxo", avaliou o ministro.

Outras agendas

Na quinta-feira (20), Fávaro irá a Sinop (480 km de Cuiabá) para participar da entrega da 6ª etapa do Residencial Nico Baracat, do programa Minha Casa, Minha Vida do governo federal. Na sexta-feira (21), ele estará presente na inauguração da Rota Rondon, em Cáceres (217 km de Cuiabá), ao lado dos ministros Simone Tebet (Planejamento e Orçamento) e Waldez Góes (Desenvolvimento Regional).

Comente esta notícia

Av. Brasil, 107-W

Cuiabá/MT

(65) 99962-8586

[email protected]