Cuiabá, 21 de Maio de 2024

icon facebook icon instagram icon twitter icon whatsapp

Agro Terça-feira, 28 de Novembro de 2023, 09:41 - A | A

Terça-feira, 28 de Novembro de 2023, 09h:41 - A | A

Amazônia Legal

Desmatamento cresce 8% na Amazônia Legal de MT

Segundo os dados, o desmatamento em 2022 foi de 1.927,00 km², enquanto que a quantidade de área atingida neste ano já é de 2.086,00 km² no estado.

Por g1 MT

Novos dados divulgados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) mostram que em toda a Amazônia Legal, houve uma queda de 22% na taxa de desmatamento, mas os dados sobre Mato Grosso revelam o contrário. Em toda a Amazônia do estado, o desmatamento cresceu em 8% em 2023, em relação ao ano passado.

Segundo os dados, o desmatamento em 2022 foi de 1.927,00 km², enquanto que a quantidade de área atingida neste ano já é de 2.086,00 km² no estado.

Em nota, o governo de Mato Grosso afirmou que agiu com "firmeza no combate ao desmatamento e crimes ambientais, com a Operação Amazônia em campo, fiscalizações por imagens de satélite, aplicação de multas, embargo e apreensão de máquinas dos infratores". Segundo o estado, neste ano, R$ 1,8 bilhão em multas foram aplicadas.

A Amazônia Legal corresponde a 59% do território brasileiro, e engloba a área total de 8 estados (Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins) e parte do Maranhão.

A coordenadora do programa de transparência ambiental do Instituto Centro De Vida (ICV), Ana Paula Valdiones, disse que os dados mostram o impacto do desmatamento nas metas climáticas.

“Esse número coloca o estado mais longe de alcançar as metas climáticas, às vésperas da Conferência do Clima (COP 28). O desmatamento em Mato Grosso tem uma alta taxa de ilegalidade”, diz. 

Foto: Polícia Civil

desmatamento2.jpg

Segundo os dados, o desmatamento em 2022 foi de 1.927,00 km², enquanto que a quantidade de área atingida neste ano já é de 2.086,00 km² no estado

 

COP-28 

Foto: Raquel Wapichana/CIR

cop28.jpg

A líder ambiental Sinéia do Vale é uma das representantes

 

 Conhecida como “Conferência do Clima da ONU”, a COP 28 começa na quinta-feira (30), em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. A comitiva do governo brasileiro terá pelo menos 12 ministros e representantes de alguns estados, incluindo Mato Grosso.

A COP reúne 197 países e mais 200 líderes internacionais para discutir e desenvolver soluções concretas para mitigar os efeitos do aquecimento global.

A conferência vem sendo realizada anualmente desde 1995 (exceto em 2020, por causa da pandemia) e o termo COP é uma sigla em inglês que quer dizer "Conferência das Partes", uma referência às 197 nações que concordaram com um pacto ambiental da ONU do início da década de 1990.

 

Comente esta notícia

Av. Brasil, 107-W

Cuiabá/MT

(65) 99962-8586

[email protected]